Mãe de bebê jogado em córrego em MG, assume nas redes sociais medo de ser morta na prisão

Nesta segunda-feira (4), a polícia civil do estado de Minas Gerais encontrou a mulher suspeita de jogar seu próprio filho em um córrego na cidade de Três Pontas. A localização foi possível logo após os agentes receberem uma mensagem anônima na qual a mulher admitia ter “medo de morrer na prisão” e querer fugir para São Paulo. Na manhã de domingo (3), um policial militar encontrou o corpo do recém-nascido.

Em prints postadas no site do Estado de Minas, a mãe do bebê revelou a uma fonte anônima que teve contrações dolorosas e deu à luz sozinha. Descrevendo o parto, ela relata: “Eu o movimentei e ele não estava respirando”. De acordo com a mulher, a criança nasceu roxa.



Recomendamos