Em condicional, goleiro Bruno decide virar coach para trabalhar mente de atletas

Bruno Fernandes, também conhecido como “goleiro Bruno”, foi condenado a 22 anos de prisão pelo sequestro e homicídio triplamente qualificado de Elisa Samúdio. No entanto, ele anunciou sua nova empreitada profissional como coach de atletas de alto rendimento.

Bruno afirmou que realizou um curso preparatório na área e está confiante de que pode atrair interessados.



Recomendamos