Homem é resgatado de trabalho análogo a escravidão no RJ onde comia lavagem de porcos

Foi efetuada a prisão de um indivíduo, cuja identidade não foi divulgada, sob acusação de ter submetido um de seus funcionários a condições de trabalho semelhantes à escravidão. A vítima foi encontrada em Nova Iguaçu, situada na Baixada Fluminense, Rio de Janeiro, por agentes da Secretaria Municipal de Meio Ambiente, que reportaram o caso à Polícia Civil. O empregado foi resgatado do local, o qual não oferecia condições adequadas de vida e trabalho.

De acordo com as informações apuradas, a construção em que o funcionário trabalhava não possuía uma das paredes e nem instalação sanitária. Além disso, segundo as autoridades, o empregado não tinha acesso a um banheiro e era alimentado com restos de comida destinados aos porcos.



Recomendamos